Após perder para o Sport-PE por 3×1, o comandante tricolor Jorginho não faz mais parte do quadro de funcionários do Esporte Clube Bahia. O treinador vinha sob pressão da torcida há algumas partidas pelo excesso de decisões julgadas equivocadas pela Nação Tricolor.

Jorginho chegou ao Bahia pouco depois do treinador Guto Ferreira transferir-se para o Internacional e disputou 14 jogos com o Esquadrão pelo Brasileirão, contabilizando 4 triunfos, 4 empates e 6 derrotas. O auxiliar Luis Carlos Quintanilha e o preparador físico Joelton Urtiga também não fazem mais parte da comissão técnica. O auxiliar Preto Casagrande viaja para Chapecó com a equipe e deve comandar o elenco contra a Chapecoense, na próxima quarta (2). O clube agora estuda nomes para a reposição do cargo de treinador e Eduardo Baptista é o mais cotado para a contratação.

Matéria: Gabriel Marinho

Gabriel Marinho

Ver todas as postagens