O Bahia encarou o Atlético-MG no Independência no fim da noite desta quarta e saiu de campo com um triunfo por 2×0, bastante suado e conquistado na garra. Tida como difícil desde o início da semana, a partida foi encarada com seriedade pelos comandados de Jorginho, principalmente pelo volante Juninho, marcador dos 2 gols do Esquadrão.

O Bahia abriu o placar logo no início do jogo, aos 12′, por cobrança de pênalti de Juninho, que marcava o seu primeiro gol na elite do futebol brasileiro. No lance, Fred vai de sola na canela de Zé Rafael, dentro da área, e comete a infração. O mesmo Juninho, já no fim da partida, aos 42′, marcou um golaço de fora da área, bem ao seu estilo, para concretizar o 2º triunfo do Esquadrão, longe de Salvador, nesta edição do Campeonato Brasileiro.

O jogo foi bastante pegado e com mais ofensividade atleticana do que tricolor. Do início ao fim do jogo, o Bahia preferiu postar-se em campo de forma cautelosa e defensiva, investindo no contra-ataque. Destaque para atuação do goleiro Jean, que brilhou com muitas defesas difíceis e importantíssimas na noite de hoje. O placar acabou por não definir bem o que foi o jogo, já que a partida foi quase inteiramente do Galo, esbarrando no jovem Jean. A postura do Esquadrão foi ainda mais defensiva quando o comandante tricolor preferiu por retirar o meia Vinícius e colocar o zagueiro Eder, que atuou como volante, o que aumentou ainda mais a pressão do time mandante.

O Bahia, ocupando a 12ª colocação com 19 pontos, 3 de distância para o G6 e 4 para o Z4, vai agora ao Pacaembu para enfrentar o Santos, às 11h do próximo domingo (23).

Matéria: Gabriel Marinho

Gabriel Marinho

Ver todas as postagens