O Bahia saiu derrotado do Pacaembu na manhã deste domingo, perdendo para o Santos pelo placar de 3×0. Em campo, o Esquadrão soube começar bem a partida, criando oportunidades de contra-ataque e marcando sob pressão os atletas do Peixe, que sentiram bastante dificuldade em criar jogadas. No decorrer da primeira etapa, dois dos três gols bobos que o Bahia viria a sofrer nesta manhã, saíram dos pés de Bruno Henrique, e assim foi mais um no segundo tempo.

A partida ficou marcada, além dos três gols de Bruno Henrique, pela péssima atuação do lateral-direito Eduardo e do treinador Jorginho. O primeiro, conseguiu errar tudo o que fez nesta manhã. Já o segundo, errou na escalação da equipe, novamente sem Régis e Mendoza de início. O treinador ainda tentou correr atrás do prejuízo no segundo tempo, tirando os perdidos Eduardo e Allione, mas ainda persistia em não colocar Régis, e assim foi até o fim da partida. Já no meio da segunda etapa, ainda houve tempo para mais um erro: o comandante colocara o jovem atacante Brumado, proveniente da base, em um jogo completamente averso a testes e prejudicial para o inexperiente atleta, que veio a perder duas chances claras de gol e ficou mal com a torcida. O saldo das péssimas decisões foi a derrota por 3×0, que ainda assim, não refletiu muito bem a partida.

O time de Jorginho ocupa a 13ª posição, podendo terminar a rodada na 14ª, com os mesmos 19 pontos, e volta a campo no próximo domingo (30), contra o Sport, numa reedição da final da Copa do Nordeste, realizada em Maio. Precisando voltar a vencer em seus domínios, o Esquadrão finaliza a excursão pelo Sudeste do país com 3 pontos ganhos dos 6 disputados. Agora, o foco é de repetir, imprescindivelmente, o resultado da final do regional.

Matéria: Gabriel Marinho

Gabriel Marinho

Ver todas as postagens